quinta-feira, 11 de julho de 2013

ProExt – Extensão universitária na preservação do patrimônio cultural – Práticas e Reflexões.


O encontro integra a programação do Fórum das artes, e tem como objetivo aproximar coordenadores, professores e estudantes participantes de ações de extensão universitária contempladas pelo edital do Programa de Extensão Universitária (Proext) do Ministério da Educação (MEC)nos últimos quatro anos e voltadas para o Patrimônio Cultural das políticas do Iphan para a área. Pretende-se ainda avaliar o desenvolvimento da parceria com o MEC e com as Instituições de Ensino Superior (IES) no tema e traçar estratégias para o acompanhamento e avaliação das ações de extensão universitária de modo a qualificar a apropriação dos resultados e a sua aproximação com as políticas institucionais do Iphan para o campo, contribuindo, também, para a consolidação do Sistema Nacional do Patrimônio Cultural.

O evento visa reunir coordenadores de projetos e programas de extensão universitária contemplados pelo ProExt/MEC de 2009 a 2012, pró-reitores de extensão, técnicos do Iphan, representantes da Rede Casas do Patrimônio e outros agentes interessados nos temas extensão universitária e patrimônio cultural.

Período: 24 a 26 de julho

Local: Centro de Artes e Convenções da Ufop - Salão São João Del Rey 1 – Ouro Preto/MG

A programação completa e as inscrições estão disponíveis no site:


 

Divulguem!!!! Participem!!!! Se inscrevam!!!!!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Oficina da Curadoria de Patrimônio - Trabalho colaborativo e em rede: diferentes e convergentes

Trabalho colaborativo e em rede: diferentes e convergentes

A oficina ministrada por Raquel Salomão Utsch de Carvalho do Observatório da Diversidade Cultural (ODC), tem como objetivo discutir a relação entre diversidade cultural, trabalho colaborativo e em rede. Através de metodologias de registros multimidiáticos, criação de redes de trabalho colaborativo que incentivem a troca e o diálogo entre perspectivas diversas, articulando saberes e práticas, sobre questões ligadas ao espaço urbano. Refletindo sobre as possibilidades de cooperação produtiva e a potência da criação de espaços políticos, construtivos e inovadores voltados à diversidade cultural.
      Realização: 15 a 19 de Julho
      Horário: 14h às 18h
      Carga Horária: 20h
      Público Alvo: Estudantes e profissionais das áreas de Cultura, Comunicação, Artes, Educação, com interesse em ações de trabalho colaborativo, rede e diversidade cultural.
      Material do aluno: Telefone celular equipado com câmeras fotográficas e de vídeo.
      Local: Centro de Convenções – Bloco B – Sala 17 - Ouro Preto
      Valor da inscrição: R$ 25,00
 
Se inscreva, participe!!!
Nos ajude a divulgar.

Roteiro sensorial com a turma do Geoppol - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Politica e Território/Dept. de Geografia / UFRJ


Recebemos no dia 6 de julho, na Casa do Patrimônio de Ouro Preto/Casa da Baronesa , os  alunos de graduação, mestrado e doutorado do Laboratório Geoppol - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Politica e Território/Dept. de Geografia / UFRJ.

 
Acompanhados pelo Professor Rafael Winter, a visita de campo a Ouro Preto teve dois objetivos principais: conhecer um pouco da cidade, sua história, forma urbana e dinâmica atual, bem como as questões envolvendo a ação na cidade como patrimônio ao longo do tempo. Após uma conversa no auditório, saímos com o grupo para um roteiro sensorial, apresentando uma forma diferente de se ver a cidade. Foi um sábado de muitas trocas.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Oficinas da Curadoria de Patrimônio - Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana 2013


Com boa aceitação, as vagas das oficinas da Curadoria de Patrimônio estão terminando.  Para as oficinas: Histórias Invisíveis – A Ouro Preto que ninguém conhece. Fatos e personagens de uma história esquecida; Gastronomia de quintal - do tradicional ao contemporâneo; Corpo, afeto e memória: lugares inscritos no cotidiano as vagas estão encerradas.

Ainda temos vagas nas seguintes oficinas:
     Olhares e percepções: a fotografia como instrumento da Educação Ambiental, ministrada por Fernando Agilo, tem como objetivo trabalhar o recurso à fotografia como instrumento pedagógico da Educação Ambiental. Tendo como pano de fundo a Sociologia Ambiental e a Antropologia da Imagem, os participantes serão instigados a refletir sobre conceitos e metodologias de envolvimento e pesquisa ação que envolvam o uso da imagem como recurso pedagógico, onde as fotografias são utilizadas para capturar a impressão mais imediata que as pessoas têm sobre o ambiente onde vivem. A oficina também prevê ações práticas onde os participantes poderão aplicar as técnicas trabalhadas durante o curso.
      Casas, quintais e memórias: uma incursão ao espaço do vivido e da diversidade,  ministrada pelo antropólogo José Marcio de Barros em parceria com a Gestora Cultural Marcia Betânia Oliveira Horta, ambos do Observatório da Diversidade Cultural (ODC), visa revelar vínculos e afinidades com a diversidade cultural, além dos modos de tecer memórias.  Experimentado atividades de registros foto/ sonoros do interior de casas e quintais na cidade de Ouro Preto. Propondo debates sobre o conceitos de memória, patrimônio material e imaterial e diversidade cultural.
     Trabalho colaborativo e em rede: diferentes e convergentes ministrada por Raquel Salomão Utsch de Carvalho do parceria com Observatório da Diversidade Cultural (ODC), tem como objetivo discutir a relação entre diversidade cultural, trabalho colaborativo e em rede. Através de metodologias de registros multimidiáticos, criação de redes de trabalho colaborativo que incentivem a troca e o diálogo entre perspectivas diversas, articulando saberes e práticas, sobre questões ligadas ao espaço urbano. Refletindo sobre as possibilidades de cooperação produtiva e a potência da criação de espaços políticos, construtivos e inovadores voltados à diversidade cultural.
 
Se inscreva, participe!!!
Nos ajude a divulgar.

Ocorreu um erro neste gadget