terça-feira, 30 de junho de 2015

Curadoria de Patrimônio de Ouro Preto oferece oficinas no Festival de Inverno



Nesta edição de 2015, a Casa do Patrimônio de Ouro Preto/ET IOP/IPHAN-MG,   responsável pela Curadoria de Patrimônio do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, que esse ano tem como tema “O que te afeta”, oferece ao público três oficinas durante os dias do festival. São elas: - Território do afeto: imagens no Morro da Queimada, 
- Memória: os traços da imagem na cidade e
 - Livros de pano: causos e histórias do nosso lugar.


Crédito: divulgação


Todas as oficinas são gratuitas. Para se inscrever e saber mais informações,  acesse o site http://www.festivaldeinverno.ufop.br/2015/oficinas.php?&pg=4 


Crédito: divulgação

Além das oficinas, a Curadoria de Patrimônio conta com o espetáculo “Poemas e grinaldas” e com o Seminário “Educação patrimonial na arqueologia”. Confira os horários e a programação completa:
http://www.festivaldeinverno.ufop.br/2015/index.php

Participe!

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Guarda Municipal de Ouro Preto participa de atividades com o Sentidos Urbanos

Desde o dia 17 de junho, os guardas municipais estão em uma ação de formação continuada em parceria com o Sentidos Urbanos, afim de promover a interação do grupo e (re) estabelecer novos laços com Ouro Preto.


Crédito: Joyce Fonseca



Já foram realizados dois roteiros sensoriais que terão desdobramentos, uma vez que os participantes estão produzindo resultados desses roteiros, seja cartas, fotografias ou desenhos verbo-imagéticos.
A iniciativa desse trabalho  surgiu com a psicóloga Cláudia Itaborahy, parceira do Programa Sentidos Urbanos: patrimônio e cidadania, através da Secretaria Municipal de Planejamento – Diretoria de Recursos Humanos.

Crédito: Joyce Fonseca

No final da ação, haverá um dia de encontro com os três grupos participantes para apresentação dos produtos e outras atividades sensoriais.

 

Crédito: Joyce Fonseca

terça-feira, 16 de junho de 2015

Monitores da educação inclusiva participam de Roteiros Sensoriais

Na sexta-feira, 12, a equipe Sentidos Urbanos em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Ouro Preto, realizou dois Roteiros Sensoriais com 28 monitores da educação inclusiva.

Crédito: Reginaldo Alves

O grupo foi dividido em dois, sendo que cada um percorreu um trajeto diferente. Ambos saíram do Largo do Cinema e terminaram próximo à Igreja do Pilar, mas passando por caminhos distintos. Através de informações sobre a cidade e atividades sensoriais que estimulam novas perspectivas de locais que passamos no nosso cotidiano, o grupo percebeu e explorou sensações inusitadas em Ouro Preto. 

O objetivo dos Roteiros, além de ampliar o olhar,  foi mostrar a importância de cada indivíduo na sociedade e no espaço em que vive. Após participarem dessa experiência de educação patrimonial, os monitores poderão aplicar algumas das atividades realizadas com os alunos.

Crédito: Reginaldo Alves


Sentidos Urbanos e Projeto Girassol iniciam parceria

Na última quinta-feira, 11, a equipe Sentidos Urbanos, em parceria com o Museu da Inconfidência, atendeu os participantes do “Projeto Girassol”, que tem como objetivo desenvolver uma iniciativa que aponte caminhos para a inclusão dos portadores de transtornos mentais na sociedade. A ação com grupo será de três encontros, sendo o primeiro dia 11 e os outros dois nas quintas-feiras seguintes.


O grupo foi estimulado através de atividades lúdicas, que aguçaram os cinco sentidos para uma melhor experiência sensorial. Na foto abaixo, os participantes usaram o tato e a audição para se manterem em sincronia com o conjunto todo.


Logo após, afim de experimentar uma melhor percepção tátil, auditiva e olfativa, a turma participou de um exercício caminhando pela Casa do Patrimônio para sentirem diferentes cheiros, temperaturas, sons e tipos de piso.


Levados para a principal atividade do dia, o grupo foi incentivado a buscar memórias e emoções com objetos que foram reconhecidos por meio do paladar, tato, audição e olfato. Além de objetos do cotidiano, alguns instrumentos musicais e guloseimas compunham o cenário para uma maior percepção de todos os sentidos.



quarta-feira, 3 de junho de 2015

Equipe Sentidos Urbanos trabalha em oficinas de rádio

A equipe “Sentidos Urbanos” junto ao projeto "Sou do Morro, eu também sou patrimônio" está trabalhando em oficinas para aperfeiçoamento sobre conhecimentos técnicos e conceituais sobre rádio.

Alessandra Alves, aluna de jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apresentadora dos programas “Real Nacional” e “Jornal da Real”, da “Rádio Real Ouro Preto” e coordenadora geral da "Rádio Plural", está ministrando a oficina para os mediadores do Sentidos Urbanos para que esses conhecimentos sejam replicados.


Yara e Joyce mediadoras do "Sentidos Urbanos", junto com as crianças do projeto "Sou do Morro, eu também sou patrimônio"

A equipe está atuando na E.M. Juventina Drummond com jovens de 7 a 11 anos, trabalhando com rádio e comunicação em geral. As atividades são desenvolvidas de forma lúdica, com o propósito de valorização das suas artes, pensamentos, sonoridades, crenças, tradições, costumes, brincadeiras,  trabalhos artesanais e histórias de vida, transformando-os em registros que representam a diversidade cultural da cidade. 
Ocorreu um erro neste gadget