quarta-feira, 25 de maio de 2016

Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes 2016 - CARTA ABERTA




A organização do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes 2016, torna pública a carta aberta com objetivo esclarecer alguns pontos importantes sobre essa edição do evento. Mesmo que em condições restritas, realizar o Festival de Inverno é visto como um compromisso com a sociedade e com a arte e a cultura do Brasil. 

Em um ato de resistência ao momento adverso, é pensada uma mobilização para a efetivação dessa mostra que é uma das mais tradicionais em seu estilo. Para tal, a comissão organizadora do Festival, convida os proponentes de ações, artistas, produtores e às comunidades de Ouro Preto e Mariana à participarem nos dias 2 e 3 de junho de um amplo debate nas duas cidades. 

Nesta ocasião será apresentado um formato mínimo, proposto pela equipe de curadoria, para a execução do evento. A essa proposta inicial, espera-se somar outras manifestações que tenham possibilidade de contribuir para a construção de uma programação que, com certeza, manterá os parâmetros de qualidade e diversidade característicos. 

Reiteramos a importância da presença de todos nas reuniões que acontecerão nos seguintes locais e horários:
- 2 de junho – 14h – auditório da Escola de Minas do centro histórico – Ouro Preto
- 3 de junho – 14h – Auditório do prédio anexo do ICHS (próximo ao Museu da Música) – Mariana

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Nova ferramenta de Educação Patrimonial: Inventários Participativos



P U B L I C A Ç Ã O | "Educação Patrimonial: Inventários Participativos (2016)", Manual de Aplicação - IPHAN.
O patrimônio cultural forma-se a partir de referências culturais que estão muito presentes na história de um grupo e que foram transmitidas entre várias gerações. Ou seja, são referências que ligam as pessoas aos seus pais, aos seus avós e àqueles que viveram muito tempo antes delas. São as referências que se quer transmitir às próximas gerações.
A presente publicação é de livre acesso, destinada ao público em geral, podendo ser utilizada sem necessidade de licença, autorização ou cessão de direitos. Constitui-se, antes, numa ferramenta de Educação Patrimonial com objetivos principais de fomentar no leitor a discussão sobre patrimônio cultural, assim como estimular que a própria comunidade busque identificar e valorizar as suas referências culturais.
Seguindo esta ideia, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) disponibiliza para download uma nova ferramenta: http://goo.gl/XWzLGP
Imagen: iphan.gov.br






Portaria de Educação Patrimonial publicada no Diário Oficial da Unial.



Portaria de Educação Patrimonial  estabelece diretrizes no campo e traz o Projeto Casas do Patrimônio como instrumento estratégico de implementação da política de EP.
Resultado de amplo debate, pesquisas e avaliações das práticas e ações educativas voltadas à preservação do Patrimônio Cultural, a portaria nº 137, de abril de 2016, publicada nesta sexta-feira (29), consolida as atuais diretrizes com as quais o IphanGovBr tem atuado no campo da Educação Patrimonial. Leia mais:http://goo.gl/S3HU3C

Ocorreu um erro neste gadget