segunda-feira, 5 de junho de 2017

Oficina Ouro Preto: Olhares (im)possíveis prossegue com suas atividades nas escolas

A equipe da Oficina Ouro Preto: Olhares (im)possíveis  voltou à Escola Municipal Adhalmir nos dias 25 de maio e 1 de junho. Desta vez os alunos tiveram contato com a linguagem audiovisual, através da exibição de vídeos, que contam um pouco da história dos “irmãos Lumiére”, com o surgimento da filmagem, e do fazer audiovisual.
Depois da contextualização histórica, os alunos foram convidados a ir para à rua, com intuito   de realizar o “minuto  Lumiére”,  onde cada  um   escolheu,   e  gravou  por um minuto, um local do bairro onde moram. Feitas as filmagens, os estudantes retornaram para escola, para assistirem e comentarem seus “minutos” e os dos colegas.
A partir desta experiência, os alunos preparam um roteiro para a outra etapa da oficina: o filme-carta. Os estudantes escolheram, em dupla, quais seriam os locais das filmagens, e partiram para a gravação. A próxima etapa da oficina será o desdobramento desta atividade. O próximo encontro com os alunos da Escola Municipal Adahlmir Maia será no dia 8 de junho.



Alunos da Escola Municipal Professor Adahlmir Maia

A oficina Ouro Preto: Olhares (im)possíveis voltou à Escola Municipal Professora Juventina Drummond na última segunda-feira, dia 29 de maio. Desta vez, o horário da atividade foi no período vespertino, ou  seja, fora do horário de aula das   turmas envolvidas. Como a participação na oficina foi facultativa, os alunos das turmas do 7° ano 21, 22 e 23 participaram juntos da atividade. 
O ponto de partida da oficina foi a exibição de vídeos, contextualizando a história dos irmãos Lumiére, e o surgimento da filmagem. Em seguida, os alunos reuniram-se para decidirem quais seriam os lugares, dentro do bairro, em que realizariam seus takes. Feitas as escolhas, os estudantes realizaram seus “minutos”, e retornaram à escola, onde assistiram e comentaram as filmagens.  
O próximo encontro com os alunos da Escola Municipal Juventina Drummond será no dia 12 de junho.



Nossa equipe e os alunos da Escola Municipal Juventina Drummond

A equipe da oficina Olhares (IM)Possíveis esteve mais uma vez no distrito de Bandeirantes, em Mariana, na Escola Estadual Cônego Mauro de Faria, com as turmas da educação integral. A ação, realizada pela equipe do programa Sentidos Urbanos: Patrimônio e Cidadania e com apoio do coletivo MICA - Mídia, Identidade, Cultura e Arte, caminha para a sua reta final.
No último encontro, dia 31, a missão dada às crianças e aos adolescentes foi que checassem os roteiros e os aprovasse em grupo. Feito isso, era a hora de luz, câmera e ação! A equipe deu total autonomia aos alunos, que saíram pelo distrito para gravar os seus filmes com duração de até 3 minutos. A atividade foi muito bacana, os 5 grupos conseguiram gravar suas imagens e voltaram para a escola no prazo combinado! :D Exercício de confiança realizado com sucesso
O próximo encontro com a escola ocorre no dia 14 de junho, e a próxima missão será editar o material gravado.
Vamos aguardar! Acompanhe o nosso blog para ficar por dentro das nossas ações.


Alunos da Escola Estadual Cônego Mauro de Faria, no distrito de Bandeirantes, Mariana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget