O Programa

O Programa “Sentidos Urbanos: patrimônio e cidadania” desenvolve, desde 2009, em Ouro Preto, ações que abordam os conceitos de memória, identidade e patrimônio. As atividades, voltadas a grupos específicos, também buscam reconhecer a atuação dos moradores no espaço em que circulam. Para isso, é usada uma metodologia de forma ampla, com jogos teatrais e lúdicos, além de exercícios sensoriais e roteiros.


Atualmente o programa é composto pelas seguintes ações:


Roteiros Sensoriais - roteiros de visitação por percursos inusitados do núcleo histórico, com ênfase na percepção sensorial e nas qualidades ambientais dos lugares de memória. Eles instrumentalizam os cidadãos para atuarem como guardiões de seu patrimônio. Os participantes utilizam durante os roteiros uma série de dispositivos que instigam a experimentação dos cinco sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato. A metodologia dos roteiros foi desenvolvida pelo professor Juca Villaschi, do Departamento de Turismo da UFOP.


Poéticas e Moradas: Reativação do Circuito Expositivo da Casa da Baronesa” - é uma proposta educativa patrimonial que aborda a temática das referências de moradia da comunidade ouropretana, e possíveis diálogos com o patrimônio cultural de Ouro Preto.
Pretende-se com essa oficina refletir através de uma ótica poética, as diversas moradas que nos acolhem. Para essa reflexão, trabalhando a ludicidade serão realizadas práticas teatrais voltadas ao improviso. O projeto é realizado numa parceria entre o Programa Sentidos Urbanos: Patrimônio e Cidadania e o Grupo Ária: Teatro e Música em Diálogo, que compõe os eixos de atuação da Casa do Patrimônio-Ouro Preto
.

Olhares (Im)Possíveis - o objetivo principal da ação é exercitar o olhar dos discentes, escutando sobre suas histórias através de encontros presenciais, no que diz respeito às experiências e relações afetivas dentro dos espaços da cidade, utilizando como dispositivo principal a produção audiovisual. Atualmente as oficinas acontecem em três escolas. Em Ouro Preto: EM. Prof. Adhalmir Santos Maia, EM Profa. Juventina Drummond . Em Mariana: EE. Cônego Mauro de Faria (Distrito de Bandeirantes).

Abrigo de Memórias - O objetivo principal desta ação é proporcionar ao participante uma investigação a partir do eu e a relação com o outro. Entendendo, que este outro abrange não só as relações inter-humanas; mas também o ambiente em que se vive, e o que estes reverberam em sua identidade. 


“Sentidos Urbanos: patrimônio e cidadania” é uma parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), através da Casa do Patrimônio; com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) por meio do Departamento de Turismo, Artes Cênicas e de Jornalismo; com Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP) e Prefeitura Municipal de Ouro Preto. 
Atualmente é um projeto especial da Pró-reitoria de Extensão da UFOP.

4 comentários:

  1. Olá!! Para nós da Secretaria Municipal de Educação de Ouro Preto é muito bom ser parceira nessa caminhada sensorial e afetiva pelo patrimônio "melhor" de Ouro Preto que junto estamos descobrindo... seu povo guardado, seus lugares escondidos... que agora podem ir aparecendo e se sentido valorizados... Forte abraço...

    ResponderExcluir
  2. Que tal um roteiro sensorial também em Mariana? Fica a dica. O de Ouro Preto é realmente fantástico!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela iniciativa! ;)
    Conheci Ouro Preto e é realmente uma cidade apaixonante em vários aspectos!
    Sou de Goiânia, graduada em Turismo e entendo a importância de um trabalho como este para a população local, a cidade e o turista.
    Sucesso!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget